:: CAMPEONATO ::

Mais de 600 pessoas participam da abertura da Taça das Favelas em Mato Grosso

ASSESSORIA |CUFA-MT

A abertura oficial da Taça das Favelas em Mato Grosso reuniu mais de 600 pessoas no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, na noite da última terça-feira (20.09), em Cuiabá. Jovens de 24 comunidades participam da primeira edição no estado do maior campeonato de futebol de campo entre favelas do mundo.

 

No evento, Anderson Zanovello, presidente da Central Única das Favelas em Mato Grosso (Cufa-MT), organizadora da competição, agradeceu a cada líder de favela que mobilizou a galera para prestigiar a abertura do evento “A cada etapa da Taça os números têm nos surpreendidos. Aguardávamos 100 favelas inscritas e tivemos 286. Nas peneiras, foram 1430 jovens no total que participaram das seletivas nas comunidades. E, é claro, que não poderíamos deixar de agradecer a todos que têm investido, apoiado e acreditam nesse projeto. Estamos buscando as melhores parcerias”, declarou Zanovello na abertura.

 

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Jefferson Neves, prestigiou o evento e destacou que a Taça é um projeto que vai além da integração social. “Além disso, vários atletas terão oportunidade de serem vistos nesse campeonato. E a parceria com a Cufa veio para isso: descobrir esses talentos e dar oportunidades a essas crianças e jovens”, afirmou Jefferson Neves.

 

Campeã brasileira de voleibol de quadra e vice-campeã de voleibol de praia, a ex-jogodora Melissa Arruda é a embaixadora da Taça das Favelas Mato Grosso deste ano e, durante o lançamento, falou da emoção do que representa esse momento em sua vida. “Estou muito feliz hoje em poder está aqui, como embaixadora da Taça, um evento tão grandioso e brilhante principalmente porque eu saí de uma favela de Cuiabá”, pontuou.

 

Na ocasião, o empresário Alessandro do Nascimento, da Tubarão Sports, que é patrocinador da Taça das Favelas Mato Grosso, lembrou que o futebol é uma prática alcançada por todas crianças e adolescentes e que a Taça é um grande projeto social que chega até as periferias. “Estamos muito felizes de estarmos nessa com a Cufa e um evento dessa magnitude não poderíamos ficar de fora”,

 

O representante da Águas Lebrinha, Milton Dias de Almeida, que também é uma das patrocinadoras do projeto, disse que é de extrema importância a participação da empresa na Taça. “A Lebrinha atua nesse pilar de apoiar projetos sociais. Estamos em todas as modalidades esportivas aqui e não poderíamos ficar de fora de um evento tão importante como esse. Esse alcance social é de extrema importância”, pontuou. Também marcaram presença os secretários adjuntos Jan Moura e David Moura, o presidente do Mixto, Vinicius de Arruda Falcão, e o representante da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer de Várzea Grande, professor Giordany Moreira Godoy de Campos.

 

TAÇA – Participam dessa primeira edição, na categoria masculino 16 seleções, sendo elas das favelas do Cristo Rei; Mapim; Wantuil de Freitas; Dom Aquino; Indígena Kopenoty; Capela do Piçarrão; Jardim Passaredo; Novo Paraíso 2; Jardim Florianópolis; Novo Terceiro; Santa Isabel; São Mateus; Novo Colorado; CPA 3; Dr. Fábio e Pedra 90. Já na categoria feminino vão competir oito seleções, sendo das favelas Cristo Rei; Mapim; Novo Colorado; São Mateus; Novo Mundo; Indígena Kopenoty; CPA 4 e Planalto.

 

Os jogos tiveram início nesta quarta-feira (21.09) e segue até o dia 25 de setembro, no campo do Inpase em Várzea Grande. A final estadual nas categorias masculino e feminino será no dia 8 de outubro. Após a final do campeonato estadual, será montada duas seleções de Mato Grosso, uma feminina e outra masculina, para disputar o campeonato nacional, no mês de novembro em São Paulo.

 

REALIZAÇÃO – A Taça das Favelas é uma realização da Associação de Desenvolvimento Social das Favelas, Central Única das Favelas (Cufa-MT) e Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer; patrocínio da Tubarão Sports, Água Lebrinha; apoio da Secretaria Municipal Cultura, Esporte e Lazer de Cuiabá, da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Momento Esportivo; parceria do Mixto Esporte Clube e promoção da TVCA (afiliada Rede Globo).

Link da matéria: http://www.informeaberto.com.br/esporte/id-1025023/mais_de_600_pessoas_participam_da_abertura_da_ta_a_das_favelas_em_mato_grosso

GOSTOU? COMPARTILHE
WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
MAIS NOTÍCIAS
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Secretário Jefferson Neves recepcionou os atletas na última semana em um dos auditórios na Arena Pantanal
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Secretário Jefferson Neves recepcionou os atletas na última semana em um dos auditórios na Arena Pantanal