:: CAMPEONATO ::

Taça das favelas começa neste sábado e 1.560 jovens de MT devem participar

A semifinal está marcada para o dia 04 de novembro, a disputa do 3º colocado será dia 05 de novembro e a grande final em 18 de novembro

Representando Mato Grosso, 1.560 jovens de Acorizal, Cuiabá e Várzea Grande irão disputar as peneiras para compor 24 seleções da Taça das Favelas 2023, o maior campeonato de futebol de campo entre favelas do país.

Das 311 favelas inscritas, 13 seleções são de Cuiabá (9 masculinas e quatro femininas) 10 de Várzea Grande (6 masculinas e quatro femininas) e uma masculina de Acorizal, a 59 km da Capital.

Os jogos iniciam no próximo sábado e a semifinal está marcada para o dia 04 de novembro. A disputa do 3º colocado será dia 05 de novembro e a grande final em 18 de novembro.

Seleção Feminina

  • São Mateus
  • Mapim
  • Marajoara
  • Novo Terceiro
  • Novo Colorado
  • Três Barras
  • Cristo Rei
  • Wantuil de Freitas

Seleções masculinas

  • São do São Mateus
  • Marajoara
  • José Carlos Guimarães
  • Novo Terceiro, CPA 3
  • Parque Sabiá
  • Novo Colorado
  • Mapim
  • Dr. Fábio
  • Jardim Florianópolis
  • Dom Aquino
  • Aldeias
  • Jardim Vitória
  • Wantuil de Freitas
  • Santa Isabel
  • São João dos Lázaros

No dia 19 de novembro será realizada a peneira estadual, os selecionados vão compor a equipe de Mato Grosso que disputará a etapa nacional da Taça das Favelas, em São Paulo (SP), de 07 a 17 de dezembro.

GALERIA DE FOTOS
GOSTOU? COMPARTILHE
WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
MAIS NOTÍCIAS
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Secretário Jefferson Neves recepcionou os atletas na última semana em um dos auditórios na Arena Pantanal
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Secretário Jefferson Neves recepcionou os atletas na última semana em um dos auditórios na Arena Pantanal