:: CAMPEONATO ::

Sebrae e CUFA-MT faz parceria para impulsionar pequenos negócios nas favelas

Em Mato Grosso, o Sebrae é um dos parceiros da Expo Favela Innovation 2024, que será nos dias 7 e 8 de junho no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá

FOTO POR: ROGÉRIO FLORENTINO

Uma parceria entre o Sebrae-MT e a Central Única das Favelas de Mato Grosso (CUFA-MT) tem impulsionado pequenos negócios nas favelas e comunidades periféricas. Tanto que este será o segundo ano que o Sebrae do estado apoia a Expo Favela Innovation 2024, uma feira voltada para empreendedores de favela, que será realizada no próximo mês pela Cufa-MT, no Centro de Eventos do Pantanal.

Além disso, na última semana a CUFA-MT participou com um estande no Congresso Internacional de Sustentabilidade para pequenos negócios, realizado pelo Sebrae-MT. Na oportunidade, o diretor técnico do Sebrae, André Schelini, destacou a importância de apoiar pequenos empreendedores, especialmente aqueles de comunidades periféricas. Schelini enfatiza que o Sebrae, em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), trabalha para levar conhecimento e oportunidades a esses empreendedores.

“Os pequenos negócios são essenciais para o desenvolvimento local sustentável de qualquer município, sejam eles urbanos ou rurais. É difícil imaginar uma cidade sem uma padaria, um bar, ou um restaurante. Muitos empreendedores brasileiros têm como principal motivação transformar positivamente suas comunidades, além da geração de renda”, disse Scheline, destacando que esses estabelecimentos são a verdadeira engrenagem do desenvolvimento local.

A pesquisa da Data Favela 2023 revela que 5, 2 milhões moradores da favela são empreendedores, seis milhões sonham ter um negócio próprio e sete em cada dez pretendem abrir o empreendimento dentro da favela.

Para o presidente da CUFA em Mato Grosso, Anderson Zanovello, a parceria com Sebrae é uma forma de democratizar o acesso ao conhecimento e às oportunidades de negócios para pequenos empreendedores em comunidades periféricas.

“Com iniciativas que vão desde a formalização até programas de aceleração e inovação, essa colaboração busca transformar positivamente as realidades locais e impulsionar o desenvolvimento sustentável em todo o Brasil”, afirmou Zanovello.

Uma das principais iniciativas do Sebrae é ajudar esses empreendedores a se formalizarem como Microempreendedores Individuais (MEIs). Isso não apenas lhes confere um CNPJ e a capacidade de emitir notas fiscais, mas também garante benefícios sociais, como aposentadoria por tempo de contribuição ou invalidez. “Formalizar-se como MEI é um passo importante para a cidadania empresarial”, explicou Schelini.

Além da formalização, o Sebrae e a CUFA desenvolvem programas de aceleração e inovação, focados em fomentar startups, especialmente aquelas de base criativa. Schelini destacou a diversidade cultural do Brasil e, em particular, do Mato Grosso, que é um caldeirão de influências europeias, árabes, americanas, indianas, asiáticas, além das contribuições dos povos originários e quilombolas. Essa miscigenação, segundo ele, é uma fonte inesgotável de criatividade e potencial empreendedor.

Parceria na Expo Favela Innovation 2024

A Expo Favela Innovation, que será realizada nos dias 7 e 8 de junho, é um exemplo claro dessa parceria em ação. Pelo segundo ano consecutivo, o Sebrae é apoiador do evento, ao lado da CUFA. No ano anterior, uma das empreendedoras se destacou em um reality show, ficando entre as dez melhores do Brasil. Trata-se da empreendedora Ivonete Guarino, da Vô Contigo, uma solução de mobilidade urbana para pessoas acima de 60 anos, a partir de uma necessidade dentro de casa.

“São ideias inovadoras como essa, baseadas na realidade local, que queremos apoiar”, finalizou Schelini.

GOSTOU? COMPARTILHE
WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram
MAIS NOTÍCIAS
Com presença confirmada de Celso Athayde, a Cufa Global dá início a conferências em mais de 40 países, além do Brasil , com foco nas prévias para o G20 no Brasil
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Com presença confirmada de Celso Athayde, a Cufa Global dá início a conferências em mais de 40 países, além do Brasil , com foco nas prévias para o G20 no Brasil
O evento também marcou a retomada dos trabalhos da Cufa Colíder.
Anderson Zanovello, coordenador geral da Taça das Favelas de Mato Grosso, destacou também a importância da reativação da Cufa Colíder.
O seminário deve atrair ainda lideranças da Cufa/MT em Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Peixoto de Azevedo e Marcelândia, que são de interesse para a expansão da Taça das Favelas em Mato Grosso
Taça das Favelas 2023 terminou no sábado (13) no Estádio do Canindé, em São Paulo
Secretário Jefferson Neves recepcionou os atletas na última semana em um dos auditórios na Arena Pantanal